quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Quem somos?

Logo alguém baterá à sua porta e fará muitas perguntas, mas o que será que a população irá responder? Chegou o momento do brasileiro não ter vergonha da sua fé!

As religiões de Matriz Africana, não são consideradas bruxaria ou seita de baixa luz, o estereótipo errado e infundido sobre qualquer  vertente desta cultura, deve ser apagado dos registros, os sacerdotes devem ser reconhecidos e devem se impor perante a população, saindo do anonimato e vislumbrando seu devido lugar.

Já sem tempo à perder, está na hora dos membros de cada “Templo” levar o nome  do seu sacerdote para o “Censo” que irá ajudar, a saber, quem é e o que fazem nesta terra escolhida pelas divindades  africanas. Não tenham medo de sair  da obscuridade e ilegalidade, todos usufruirão mais com a devida documentação do que na clandestinidade.

Por isso é chagada a hora de se apresentarem sem medo e sem dúvidas.

Fale quem realmente cada um é perante o seu Irúnmole.

6 comentários:

  1. Vamos nos identificar, vamos dizer para o Brasil e para o mundo!!!
    Hei estamos aqui e existimos !!!!!

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Uma incrível coicidência me aconteceu pela segunda vez na pesquisa do Censo não perguntam a religião,então perguntei a moça representande ela me disse que eu havia respondido a pesquisa simples então espero que não fique para os evagélicos a pesquisa completa,como podemos confiar em pesquisar desiguais?

    ResponderExcluir
  3. A senhora pegou o nome da moça ou o numero da credencial, para denunciar?

    ResponderExcluir
  4. Comigo se deu o mesmo fato, eu perguntei o porque e fui informado que somente 5% da população responderão ao questionario completo, se estes 5% forem de outras denominações religiosas nós não apareceremos no mapa....ridiculo e lamentável

    ResponderExcluir
  5. Denuncie, não veio ninguém na minha região, se o fizerem e não perguntarem eu segurarei o individuo e chamarei a policia e farei uma denuncia...

    o que está acontecendo é crime.

    ResponderExcluir
  6. Eu acabei de notificar o IBGE, irei procurar a assessoria de imprensa e estou divulgando o e-mail deles aqui para que denunciem, segue;
    censo2010@ibge.gov.br

    Não podemos nos calar, se eles fazem o serviço pela metade nós vamos corrigir isso, não quero saber patifaria e enganação.

    queremos os mesmo direitos que os demais.

    ResponderExcluir